domingo, 8 de julho de 2012

COMO SE LIBERTAR DA DIVIDAS?

"Ora, Elias, de Tisbe, em Gileade, disse a Acabe: Juro pelo nome do Senhor, o Deus de Israel, a quem sirvo que não cairá orvalho nem chuva nos anos seguintes, exceto mediante a minha palavra". 1 Reis 17.1
Uma das primeiras coisas que atacam a sua mente quando você enfrenta escassez financeira é o espírito do medo. Ao surgirem despesas inesperadas - conserto do carro, gastos com médico e hospital etc. -, você, que já está com as contas atrasadas, começa a ter a mente atormentada pelo medo.
Você teme ficar sem dinheiro para suprir as necessidades básicas de sua família: alimento, vestuário, moradia e transporte.
Fica com medo de perder o emprego, e não ter mais como se sustentar.
Receia perder a casa, e não ter mais onde morar.
Para receber provisão de Deus no tempo da escassez financeira, repreenda o espírito do medo, que o impede de agir com fé na Palavra de Deus. No texto, vemos uma viúva com base na palavra do profeta e recebeu a provisão de Deus.
Naquele tempo, houve uma grande seca em Israel e nos arredores. Deus enviou uma seca sobre a nação israelita como castigo pelo pecado e pela grande apostasia. Os céus se fecharam, conforme a palavra de Elias. Ele profetizou uma seca de três anos e meio.
A terra tornou-se estéril e árida. As colheitas se perderam, pessoas e animais começaram a morrer de fome. Em meio a essa grande seca, porém, vemos a provisão de Deus a suprir as necessidades de Elias, bem como as da viúva de Serepta. Deus apareceu a Elias e disse-lhe o que fazer. Ordenou que o profeta fosse ao riacho de Querite, perto do rio Jordão - o lugar da provisão de deus para ele durante cerca de um ano. Deus disse a Elias: "Dei ordens aos corvos para o alimentarem lá" 1 Reis 17.4
Não foi por capricho da natureza nem mera coincidência que os corvos levaram carne e pão ao profeta todas as manhãs e tardes. Foi por ordem divina.
Elias não questionou a Deus. Ele não sentiu medo nem teve dúvida. Apenas obedeceu. Seguiu a direção do Senhor.
Quando você enfrentar uma crise financeira, será crucial ouvir o que o Senhor tem a dizer sobre a situação e então agir em obediência ao que Ele determinar. Não olhe para o homem nem confie na mente natural para tomar qualquer decisão. Espere a direção de Deus e faça o que Ele ordenar. Confie em Deus para obter a sua provisão.
Quando o riacho secou, cerca de um ano mais tarde, Elias não ficou com medo nem duvidou do cuidado ou da provisão de Deus. Não olhou para as circunstâncias, mas para a sua Fonte de recursos.
O Senhor falou novamente a Elias, ordenando-lhe que fosse para Serepta: "Ordenei a uma viúva daquele lugar que lhe forneça comida" 1 Reis 17.9. Para quebrar o jugo da dívida, você precisa estar em posição espiritual que lhe permita ouvir a voz do Senhor claramente.
A libertação financeira se dá pela obediência a Deus e à sua palavra.
Para mostrar a sua provisão a Elias, Deus não escolheu uma viúva rica com um armazém enorme e repleto de comida, e sim uma mulher pobre, prestes a morrer de fome.
A viúva era uma gentia que morava em um país onde o povo adorava Baal. Não conhecia o Deus de Israel. Ela e seu filho estavam para morrer de fome. Estavam no auge da crise. Tudo que lhes sobrara era um punhado de farinha e um pouco de azeite em um vaso. Não havia ninguém a quem pudessem recorrer. A mulher, sem dúvida, estava fraca por não ter comida suficiente. Havia esticado ao máximo as suas escassas provisões. Estava exausta e deprimida. Perdera completamente a esperança e preparara-se para morrer.
Durante a escassa financeira, um espírito de depressão e desespero tentará estabelecer uma fortaleza em sua vida. Mas você deve resistir e repreender esses espíritos em nome de Jesus. Estabeleça o foco sobre o que Deus lhe prometeu, não sobre a necessidade.
Coloque-se no lugar dessa mulher. Tente imaginar como ele se sentia enfrentando aquela situação. Foi no momento de maior desespero que ela encontrou o profeta Elias. Ela havia ido ao portão da cidade, a fim de juntar gravetos para acender o fogo e preparar a última refeição para ela e seu filho.
Elias chamou-a e pediu: "Pode me trazer um pouco d água numa jarra para eu beber?" Enquanto ela ia buscar água, ele gritou: "Por favor, traga também um pedaço de pão" 1 Reis 17.10,11. A mulher informou ao profeta que tudo que lhe possuía era um punhado de farinha e um pouco de azeite. Ela iria usá-los para cozinhar a sua última refeição, depois ela e o filho se prepararia para morrer.
Os recursos naturais da mulher estavam completamente esgotados! Um espírito de medo a mantinha presa. Ela enxergava apenas os seus limitadíssimos recursos: o último punhado de farinha e o restinho de azeite.
Mas o seu "punhado de farinha" e o "pouco de azeite" eram tudo que Deus necessitava para realizar um milagre de multiplicação em sua vida.
Se você mantiver os olhos apenas nos problemas financeiros, também sentirá medo, a exemplo da viúva. Quando mais olhar para as dificuldades, mais insuperáveis elas parecerão, até você não acreditar mais que Deus irá suprir as suas necessidades. O medo o amarrará, impedirá que você receba no espírito as promessas de Deus e a vitória financeira.
A mulher apavorou-se com a idéia de dar comida ao profeta de Deus, porque, humanamente falando, sabia que não restaria nada para ele e o filho. Não sabia que Deus havia colocado uma palavra na boca de seu servo e que Ele o enviara para quebrar aquele jugo de pobreza.
Elias disse: "NÃO TENHA MEDO". E pediu à viúva que tomasse aquele resto de provisão, preparasse um bolo para ele e depois fosse para casa preparar algo para si e para o filho.Então Elias tornou-a ciente da promessa de Deus: "Assim diz o Senhor, o Deus de Israel: "A farinha na vasilha não se acabará e o azeite na botija não se secará até o dia em que o Senhor fizer chover sobre a terra" 1 Reis 17.14.
A viúva reconheceu Elias como profeta do Deus de Israel e aceitou a mensagem como proveniente de Deus. Ela recebeu a palavra do Senhor pelos lábios do profeta, venceu o medo e GIU com base na promessa divina.
Ela colocou Deus em primeiro lugar, acima das próprias necessidades, e atendeu o profeta. Voltou para casa, acendeu o fogo e cozinhou um bolo. Entregou-o a Elias, voltou para casa e preparou algo para si e para o filho.
E, tal como Deus havia prometido por meio de Elias, a farinha da vasilha e o azeite da botija não acabaram! Todos os dias, quando a viúva estendia a mão para a vasilha de farinha e derramava o azeite a fim de preparar comida para Elias, para ele e para o filho, ambos se MULTIPLICAVAM. Conforme dissera o profeta, eles não faltaram durante a escassez. A mulher, seu filho e Elias foram alimentados sobrenaturalmente por aproximadamente dois anos e meio!
A viúva experimentou a provisão de Deus - PROVISÃO TOTAL, SUPRIMENTO CONTÍNUO! Todos os dias, ela aprendia a depender do deus de Elias para ter as necessidades satisfeitas. Houve provisão diária e contínua na vida dela.
Deus não a fez prosperar suprindo-a com uma grande soma de dinheiro ou enchendo os seus armários com grande variedade de comida, embora pudesse fazê-lo. Entretanto, depois que ela começou a olhar para Deus como a sua Fonte de suprimento sobrenatural, ia até a vasilha e a botija crendo e esperando receber a provisão divina, e as suas necessidades eram supridas.
O suprimento de Deus é ilimitado. Não limite o que Ele pode fazer por você. Espere a sua provisão!
Se Deus ordenou que os corvos levassem ao seu servo Elias pão e carne duas vezes por dia durante um ano e usou uma viúva pobre para sustentá-lo durante dois anos e meio, ele pode fazer o mesmo por você hoje! Certamente, ele suprirá a suas necessidades.
A vontade de Deus é que você, durante a crise financeira, tenha uma provisão diária e contínua, fornecida pela própria mão de Deus.
A Palavra do Senhor para você hoje é: "NÃO TENHA MEDO!".
Em nome de Jesus, destrua já a fortaleza do medo instalada em sua vida!
Vença o medo que o amarra e aja com fé nas promessas que deus fez a você. Espere em Deus e ouça a orientação dele. Depois aja com fé, crendo que Ele cumprirá o que lhe prometeu.
Como um ato de fé, dê a sua oferta a Deus ANTES DE RECEBER a provisão, olhando para Ele como a sua fonte de suprimentos. Depois SE PREPARE!
O mesmo Deus que multiplicou a farinha e o azeite da viúva suprirá as suas necessidades e MULTIPLICARÁ o que você semear. Você receberá de Deus provisão total e suprimento contínuo.
Deus está liberando uma unção financeira nestes dias finais sobre o Corpo de Cristo, a fim de fortalecê-lo e prepará-lo para enfrentar a crise financeira que virá sobre o mundo inteiro antes da segunda vinda de Cristo. Em meio á crise financeira, o povo de Deus saberá ficar firme na fé e receber provisão sobrenatural.
Você enfrenta sem medo os mais graves problemas financeiros, quando sabe que Deus o livra e sustenta.

Um comentário:

  1. Concordo.Quando colocamos nas mãos do Pai as nossas dificuldades e angustias Ele com sua bondade e amor vem rápido em nosso auxílio. Eu quem o diga. Quantas foram as noites mal dormidas, mas sempre ligada ao Pai, e quando achava que Ele já havia se esquecido de mim, os recursos vinham de onde eu nem esperava. Eu amo e confio no Pai Eterno e na Provisão Divina. Creiam naquele que tudo pode.

    ResponderExcluir